Três dias após tragédia no CT do Flamengo, incêndio atinge alojamento do Bangu

Fogo teria começado em um dos quartos e atletas não correm risco

11 de fevereiro de 2019
85

Mais uma vez no Rio de Janeiro um incêndio provoca apreensão no noticiário esportivo. Três dias após a tragédia que vitimou 10 jogadores da base do Flamengo, no Ninho do Urubu, na última sexta-feira (8), a equipe do Bangu passou por momentos de angústia na manhã desta segunda-feira (11). 

De acordo com o portal GloboEsporte.com, três jogadores da equipe descansavam no alojamento da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), localizado em Campo dos Afonsos, zona oeste do Rio, quando um dos quartos começou a pegar fogo.

A identidade dos atletas ainda não foi divulgada. Os jogadores foram encaminhados para o Hospital da Aeronáutica. O time da primeira divisão do Campeonato Carioca vem realizando suas atividades no CDA, que possui estruturas como o Centro Olímpico de Treinamento da Aeronáutica (COTA).

Em contato com a reportagem de GaúchaZH, Marcos Benjamin, assessor de imprensa do Bangu, afirmou que os casos não são graves e dois deles devem ser liberados ainda nesta segunda-feira. O terceiro foi encaminhado para o CTI por precaução por ter inalado mais fumaça. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas.

Veja também

Categorias

Siga-nos